Terapia familiar é um método psicoterapêutico que utiliza como meio de intervenção sessões conjuntas com os diversos elementos de um sistema familiar.

A terapia familiar não é uma terapia da família, mas com a família, isto é, diz respeito sobretudo a um modelo de trabalho familiar, não fazendo parte dos seus objetivos adaptar famílias a uma definição preestabelecida. Na terapia familiar o conceito de família é usado em sentido lato de modo a abranger todos os elementos significativos do contexto onde se vai centrar a intervenção.
A Terapia Familiar tem como foco principal a alteração das relações que ocorrem no sistema familiar, com o objetivo de alívio dos sintomas disfuncionais. Assim, a terapia familiar visa a promoção da saúde mental e do equilíbrio através das intervenções assistidas pelo terapeuta, proporcionando desta forma uma mudança individual em cada membro da família.